Rouhani, rebateu, na segunda-feira (06), as declarações do presidente norte-americano, Donald Trump, que ameaçou mirar em 52 alvos no país.

No seu Twitter, Rouhani fez uma referência à tragédia com o airbus do voo 655 da Iran Air, abatido em Julho de 1988 por um navio norte-americano enquanto sobrevoava o Golfo Pérsico, matando 290 pessoas. “Aqueles que se referem ao número 52 deveriam se lembrar também do número 290. #IR655. Nunca ameace a nação iraniana”, tuitou o líder iraniano.
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse, também nesta segunda, que não permitirá que o Irã tenha armas nucleares, um dia depois de o país islâmico anunciar sua decisão de ignorar os limites impostos ao seu programa de enriquecimento de urânio.

“O Irã nunca terá a arma nuclear”, escreveu no Twitter em letras maiúsculas o presidente Trump.

Metrópoles