A Juventus apurou-se com tranquilidade para os quartos de final da Taça de Itália ao bater a Udinese por 4×0 esta quarta-feira.

A equipa de Turim não contou com Cristiano Ronaldo, devido a um problema de saúde, mas contou com um inspirado Dybala para bater uma equipa que fez várias mexidas, mostrando claramente que a Taça não era objectivo. A história do jogo conta-se de forma fácil.

A Juventus controlou sem qualquer problema, de tal forma que Buffon só teve de fazer uma defesa digna desse nome, já na segunda parte, e sem grande grau de dificuldade. A história também se conta com o nome de Dybala.

O avançado foi a grande figura e deu logo o primeiro golo a marcar a Higuaín, após uma grande jogada colectiva. O próprio Dybala fez os dois golos seguintes. Um de penálti e um que será certamente um dos golos da temporada.

Um remate em arco na gaveta, num dos golos mais bonitos da carreira do avançado. O 4×0 veio de grande penalidade, com Douglas Costa a estabelecer o resultado final.

A Juventus junta-se assim a Milan, Inter, Fiorentina, Lazio, Nápoles e Torino nos quartos de final da Taça. Falta apenas um jogo, com a Roma a receber o Parma, na quinta-feira (15).

Zerozero