Através de nota oficial, o Sporting justificou a sua posição de não aceitar o adiamento do jogo com o V. Setúbal, na sequência de uma virose que está a afectar a maioria dos jogadores do emblema sadino.

Os leões, que começam por lamentar o sucedido com os jogadores, salientam que têm o calendário sobrecarregado, inviabilizando até a data proposta pelo V. Setúbal, na semana entre 2 e 9 de Fevereiro.

Assim, o Sporting manifesta confiança que, até à hora do apito inicial da partida (20.30 horas), muitos dos casos dos jogadores do plantel do Vitória Futebol Clube serão solucionáveis.

Eis a nota:

“1 – O Sporting Clube de Portugal lamenta os casos clínicos que afectam o plantel do Vitória Futebol Clube.

2 – Os calendários de competições estão sobrecarregados e inviabilizam que o Sporting CP possa anuir ao pedido de adiamento da próxima jornada feito pelo Vitória Futebol Clube.

3 – A data indicada pelo Vitória Futebol Clube como alternativa surge num momento em que o Sporting Clube de Portugal vem de um jogo em Braga, depois de receber o Sport Lisboa e Benfica, jogar a Final Four da Allianz Cup em Braga e receber o CS Marítimo (jogo que está dependente da prestação na Allianz Cup e poderá obrigar a nova marcação). Posteriormente à data proposta, existe a recepção ao Portimonense SC, seguida de uma deslocação ao terreno do Rio Ave FC. A semana seguinte será de competições europeias.

4 – Atendendo à planificação feita e à importância da continuidade de bons desempenhos das equipas Portuguesas nas provas da UEFA, com manifestos benefícios para o futebol português, o Sporting Clube de Portugal não pode correr o risco de chegar a esses momentos com os seus jogadores competitivamente sobrecarregados e com riscos acrescidos de lesões.

5 – Devido à experiência do Sporting Clube de Portugal em casos similares, e ainda sem conhecer com profundidade os casos clínicos noticiados, confiamos que até à hora do apito inicial, muitos dos casos dos jogadores do plantel do Vitória Futebol Clube serão solucionáveis, razão pela qual reiteramos a nossa vontade e disponibilidade para o jogo marcado para o próximo sábado.”

A Bola