Nuno Ribeiro da Cunha, director do Private Banking do Eurobic e gestor de conta de Isabel dos Santos, foi encontrado morto na quarta-feira (23) à noite.

“Todos os indícios apontam para que tenha sido um suicídio”, confirma morte a Polícia de Segurança Pública (PSP) ao Diário de Notícias (DN), publicação portuguesa.

Ainda são escassas as informações sobre a ocorrência.

O Jornal de Negócios veiculou que Nuno Ribeiro da Cunha terá sido alvo de uma tentativa de homicídio a 7 de Janeiro corrente.

Nuno Ribeiro da Cunha, de 45 anos, foi constituído arguido juntamente com Isabel dos Santos no caso da alegada má gestão e desvio de fundos durante a passagem desta pela petrolífera estatal Sonangol, segundo, disse o Correio da Manhã.