Um menor de nove anos foi encontrado morto, no domingo, numa lixeira de um mercado em Quelimane. Encontrado sem órgãos genitais, os olhos, o coração e sem crânio, o corpo do menor já estava em estado avançado de decomposição.

Testemunhas dizem tratar-se da criança que desapareceu na quinta-feira da semana passada, dia 07 de Novembro e acreditam que a acção macabra tenha sido protagonizada numa casa abandonada muito próxima da lixeira do mercado local.

As autoridades confirmam tratar-se do corpo do menor de nove anos desaparecido na quinta-feira, no bairro acordos de Lusaka, arredores da cidade de Quelimane. Consta que o menor teria desaparecido depois de na companhia de outros dois menores ter furtado bens na casa do seu avô.

O desaparecimento do menor criou revolta popular que na sequência  amotinaram-se ao longo da semana na segunda esquadra da polícia onde os dois menores, amigos do finado estiveram sob custódia.

Até a retirada da nossa reportagem, a polícia de protecção encontrava-se no local. O comando provincial confirma a detenção do presumível mandante. Está segunda-feira o porta-voz vai se pronunciar em volta do caso.

O País