O ministro da Saúde Pública, Anutin Chanvirakul, presidiu à cerimónia de entrega de 4.500 garrafas que continham óleo extraído das plantas de canábis.

Anutin foi eleito membro da Câmara dos Deputados nas eleições de Março, depois de ter feito campanha pela legalização do canábis para uso medicinal.

Em Dezembro, a Tailândia alterou a lei de drogas do país para permitir o uso medicinal licenciado de canábis, bem como kratom, uma planta cultivada localmente e que é tradicionalmente usada como estimulante e analgésico.

RTP