Em plena luz do dia e numa das zonas mais movimentadas da Cidade do México, três assaltantes roubaram mais de 1500 moedas de ouro, avaliadas em mais de dois milhões de euros, na manhã de terça-feira (06).

O assalto, que foi feito na Casa da Moeda do México, faz lembrar a série “La Casa de Papel”, onde um grupo de nove pessoas realiza um assalto em grande escala à Casa da Moeda de Espanha.

As comparações com a série, que vai na terceira temporada, foram inevitáveis, mas o secretário de Estado da Segurança do México garantiu que o assalto foi muito mais rudimentar que o da ficção. Ainda assim, Jesus Orta veio a admitir, na televisão do país, que o golpe foi semelhante ao da série “La Casa de Papel”.

Segundo o El Mundo, várias testemunhas relataram que os três suspeitos foram directos ao cofre do edifício, o que deixa as autoridades com a suspeita de que poderão existir cúmplices entre os funcionários da estrutura assaltada.

A Secretaria de Segurança do México já informou que tem imagens dos presumíveis autores do crime. Embora não fale em cumplicidade, o organismo confirmou que dois empregados e um segurança do edifício foram ao Ministério Público prestar declarações.

msn