O partido Renamo na província de Manica formalizou a candidatura de Alfredo Magumisse como cabeça-de-lista daquela segunda maior força política no país para o cargo de governador.

Magumisse disse que a formalização da sua candidatura é etapa inicial de um longo processo de trabalho nas bases que vai culminar, no dia 15 de Outubro, com sua eleição, que disse não ter dúvidas que será eleito governador de Manica.

Questionado sobre o seu projecto de governação caso a sua pretensão de dirigir Manica se concretize, Magumisse disse que a sua aposta será de incentivar a população a praticar agricultura, porque segundo sustentou, a província é potencial na produção agrícola, mas pouco se faz para desenvolver este sector de actividade.

“Iremos dar tudo quanto for necessário, dentro dos nossos conhecimentos e capacidades para que a província seja um verdadeiro celeiro, para que não possa apenas produzir para alimentar, mas sim para vender e desenvolver as famílias”, referiu Magumisse.

Depois do MDM, a Renamo é o segundo partido a concorrer para eleições em Manica. O “O País” sabe que o partido Frelimo deverá submeter a sua candidatura na manhã de desta sexta-feira.

O País