Pelo menos cinco pessoas, entre crianças e adultas, morreram na tarde de sábado, num evento alusivo ao 1 de Junho (dia da criança) na Cidade de Maputo.

Segundo O País, são ao todo cinco mortos que deram entrada transportados do Aquaparque, local que acolheu as comemorações organizadas pela Lizza Sofestas.

Uma médica do Hospital Central de Maputo aventa a possibilidade de as vítimas terem morrido por asfixia.

O HCM diz não ter recebido feridos graves decorrentes da tragédia.

Folha de Maputo