Chris Watts fez um apelo emotivo para que a esposa grávida e as duas filhas desaparecidas voltassem, num programa de televisão americano, na passada quarta-feira. Horas depois da entrevista o homem foi preso por confessar ter morto as três familiares no Colorado, Estados Unidos.

O homem americano continua detido e aguardar julgamento depois de confessar ter matado Shanann, a mulher grávida, de 34 anos, e as filhas Bella e Celeste de três e quatro anos, depois de dar o alerta que as três estariam desaparecidas.

Na entrevista o homem chorava o desaparecimento da família. “Não faço ideia onde elas foram nem como”, afirmava Chris emocionado, durante o programa. “Nem parece real. É como um pesadelo do qual não consigo acordar”, acrescentou.

O homem tinha ligado às autoridades para dar o alerta do desaparecimento da esposa e das duas filhas, dias antes de dar a entrevista no canal televisivo.

De acordo com o DailyMail, as autoridades estão em processo de resgate dos corpos das vítimas.

CM