Meios locais indicam que foi detonado um explosivo à passagem do autocarro pelo Museu de Gizé. Pelo menos 17 pessoas estarão feridas.

Um autocarro turístico foi alvo de um ataque, este domingo, quando passava pelo Grande Museu Egípcio, também conhecido como o Museu de Gizé. Um artefacto explosivo terá sido detonado à passagem do veículo.

De acordo com a agências EHA0 News e Reuters, pelo menos 17 pessoas ficaram feridas, não se conhecendo para já a gravidade dos ferimentos. Não há registo de mortos.

As mesmas agências noticiosas reportam que entre os feridos estão cidadãos egípcios e sul-africanos.

O Grande Museu Egípcio ainda se encontra em obras, com previsão de abertura para 2020, e será o maior museu arqueológico do mundo. Está situado a dois quilómetros das pirâmides de Gizé.

A explosão marca o segundo atentado no Egito contra turistas em apenas seis meses, dado que, em Dezembro passado, quatro turistas vietnamitas e o seu guia foram mortos com recurso a um explosivo, também próximo das pirâmides de Gizé.

Notícias ao Minuto