Um tecto da Igreja Assembleia de Deus Africana, em plena construção, desabou, numa altura em que os pedreiros faziam enchimento da laje.

Na sequência, três homens que estavam a trabalhar no tecto ficaram feridos com gravidade e foram evacuados para o Hospital Geral de Quelimane.

Passavam pouco depois das 11 horas, quando, de repente, a estrutura cedeu, ferindo com gravidade três pedreiros.

Dada à gravidade dos três feridos, o médico decidiu evacua-los ao Hospital Central de Quelimane para cuidados mais especializados.

O País