Jovem de 35 anos de idade morre carbonizado em sua residência, no bairro Malembuane, arredores da Cidade de Inhambane.

Presume-se que o curto circuito esteja na origem do incêndio. O cidadão era funcionário da empresa, Fundo de Investimentos e Património do Abastecimento de Água.

No mesmo Município, na manhã de hoje, uma viatura ficou reduzida a cinzas, em frente a Cadeia Provincial, sem contudo causar vítimas humanas.

E perante esta situação, o Corpo de Salvação Pública adverte aos automobilista a portarem elementos de combate ao incêndio.

No caso particular das residências que ficam reduzidas a cinzas tem como uma das causas a falta de arruamentos que permitam a circulação das viaturas do corpo de salvação pública associada ao desconhecimento do número de emergência deste, pelas comunidades e ainda a comunicação tardia, as entidades competentes.

O País