Um bebé de três meses morreu depois da mãe, de 17 anos, lhe ter cortado o pénis com uma faca de cozinha.

O caso aconteceu na Nigéria e o pequeno Dauda iria viajar para o Reino Unido para ser sujeito a uma série de cirurgias reconstrutivas.

O menino acabou por morrer em casa, na localidade de Wada. Desde o crime da mãe que a criança não tinha recuperado e estava com o sistema imunitário afectado.

O bebé contraiu malária e não resistiu à doença. “Ele tinha febres altas e infecções constantes. Estava com a saúde muito debilitada. Depois de contrair malária, e mesmo com medicação e tratamentos, não resistiu“, explica Mariam Kolo, da Agência de Direitos da Criança da Nigéria.

A mãe do bebé, Bara’atu Rabiu, foi detida após o crime e nunca explicou às autoridades o que a levou a cortar o pénis do filho. Remeteu-se ao silêncio.

Cm

COMENTE PELO FACEBOOK