carregando...

O treinador Sérgio Faife Matsolo não se apresenta no clube Estrela Vermelha de Maputo há sensivelmente quinze dias, depois de ter sido orientado pela direcção do clube a não entrar no campo do Costa do Sol, seu anterior clube, na sequência de pronunciamentos públicos do treinador.

Faife concedeu recentemente uma entrevista a um jornal da praça, na qual teceu duras críticas à gestão da actual direcção do Costa do Sol encabeçada por Amosse Chicualacuala.

O clube “canarinho” escreveu uma carta ao Estrela Vermelha reclamando o comportamento do treinador. Foi nessa sequência que o Estrela Vermelha notificou o treinador a não frequentar mais as instalações do Costa do Sol “para proteger as boas relações entre os clubes”.

O Estrela Vermelha realiza treinos e joga no campo do Costa do Sol. A direcção dos “alaranjados” fez ainda uma nota de acusação ao treinador, que devia responder à mesma até passada sexta-feira, o que não aconteceu, o que pode levar ao seu despedimento “por justa causa”.

Entretanto, o presidente do Estrela Vermelha, Luís Manhique, contactado pelo domingo, disse não puder comentar questões internas do clube na comunicação social.

Tentativas de ouvir o treinador até ao fecho desta edição redundaram num fracasso e prometemos seguir o desfecho deste imbróglio.

Jornal Notícias

COMENTE PELO FACEBOOK