Um cidadão de nacionalidade bengali está a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM), acusado de tentativa de rapto de um cidadão albino, no posto administrativo de Matsinho, distrito de Vanduzi, em Manica.

Trata-se de Kaisar Mohammad, solteiro de 27 anos de idade, que na companhia do seu colega, agora fugitivo, tentaram raptar um jovem adolescente com problema de pigmentação da pele.

O chefe das Relações Públicas no comando provincial da PRM, em Manica, Leonardo Colher, citado pela nossa fonte disse que a vítima dirigiu-se a uma loja de um cidadão estrangeiro para efectuar compra de alguns produtos para sua barraca.

Colher explicou que quando saiu do referido estabelecimento comercial foi perseguido por dois cidadãos, um dos quais de nacionalidade bengali, que iam numa motorizada. Quando se aproximaram dele tentaram rapta-lo.

Colher disse que vendo-se na situação de vítima, o jovem gritou a pedir socorro e escapou graças a presença de populares que vivem na zona onde ocorreu o crime. Na ocasião, Kaisar Mohammad e seu comparsa fugiram.

O porta-voz disse que a polícia está a trabalhar para neutralizar outro cidadão que está foragido.

Folha de Maputo