A internet é cheia de armadilhas. As pessoas usam esses meios para fazer maldades, como o caso de Patrick Fox, de British Columbia no Canadá. Este homem criou um site cujo único propósito era fazer a ex-mulher matar-se. 

Desiree Capuano, ex-mulher de Fox, que vive no estado do Arizona, nos EUA, disse à CBC, que são publicados no site imagens suas e da sua casa, tendo também difamações dirigidas à sua pessoa a alegar que é uma stripper e uma supremacista branca.

Apesar disto e dos vários apelos de Capuano, as autoridades americanas e canadianas não parecem preocupadas com o sucedido, mantendo-se inactivas perante este caso de assédio e difamação. Enquanto Fox refere que a ex-mulher “arruinou a vida dos dois”, Capuano acusa o ex-marido de ter “uma fixação doentia” por ela, afirmando que lhe foi dito que o objectivo é que ela cometa suicídio ou se torne uma sem-abrigo.

Notícias de Minuto