Os trabalhadores da Cybersonic Construções Lda, afectos às obras de construção do Campus principal do Instituto Superior de Relações Internacionais (Zimpeto), estão amotinados desde ontem (04) de frente aos escritórios da empresa na cidade de Maputo.

DSC_5743

Em causa estão as más condições de trabalho a que os trabalhadores estão sujeitos no exercício das suas actividades.

A greve é o culminar de esforços que foram levados a cabo pelos trabalhadores no sentido de junto do patronato, serem solucionados os pontos em reivindicação com base no diálogo, desde Julho último, tendo os trabalhadores envolvido outras entidades relevantes tais como: O Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil Madeira e  Mineira (SINTCIM) e mediadores do Ministério do Trabalho, mas sem no entanto terem sido satisfeitas as suas exigências.

verao01

Dos pontos de reivindicação constam:
– O subsídio de risco, Subsídio de alimentação, Transporte, aumento e  diferenciação salarial entre os pedreiros de diferentes classes.

Tentativas de contacto com a entidade patronal redundaram num fracasso, ficando a nossa equipa de reportagem apenas, a saber, que toda a equipa de direcção encontra-se de viagem.