Um homem que em vida respondia pelo nome de Joaquim Muchanga, foi linchado, na madrugada desta terça-feira por populares, na cidade da Beira, suspeito de roubo.

O malogrado, Joaquim Muchanga de 30 anos de idade, era residente no décimo bairro de Muchatazina, arredores da cidade da Beira e fazia pequenos negócios para sobreviver, não foi pego em flagrante, mas seu estado de embriagues pode ter levantado suspeitas.

De acordo com familiares e vizinhos da vítima, o linchamento de Joaquim foi um grave erro, pois este não pertencia ao mundo do crime. “Nunca pegou nada de ninguém, só que bebia e sofria mentalmente, mas se não beber passa bem“, disse uma das testemunhas sugerido que este pode ter sido confundido devido ao seu estado de embriagues.

Os autores do crime ainda são desconhecidos, mas a polícia diz estar a investigar o caso por forma a apurar a veracidade dos factos. No entanto não deixa de lembrar a população que o linchamento de um ladrão ou não é punível por lei.

Com este acontecimento, sobe para nove o número de casos de linchamentos na cidade da Beira.