Por ocasião de mais um aniversário do inicio da Luta Armada de Libertação Nacional, que se assinala no dia 25 de Setembro, exibições culturais e artísticas, de diversos estilos, prometem marcar a semana em Maputo.

Para os mais clássicos, teve lugar, ontem, no Centro Cultural Universitário da Universidade Eduardo Modlane (CCUEM) mais uma edição do projecto moments of jazz. A sala do Centro foi pequena para o concerto, e a cada vez que uma musica iniciava o público delirava. Entretanto, a vibração foi maior quando a musica “Maputo” suou. A figura de cartaz foi Marcus Miller, o melhor baixista do mundo, actualmente, e artista pela paz, da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), e contou com a participação da moçambicana Tanselle.

dsc00529Segundo o norte-americano, Marcus Miller, 10% do valor arrecadado com a venda de bilhetes serão doados ao projecto Clube dos Amigos da Educação do MINEDH, para a melhorar o sistema de educação nacional.

Ainda no CCUEM, hoje, amantes das artes assistirão o espectáculo de dança do Egypt – Art Appreciation Folk Dance Group.

egiptoO brilho moçambicano do espectáculo estará a cargo do grupo “Tufo da Mafalala” e da bailarina Maria José.

Esta actividade desenvolve-se, também, no âmbito do reforço de intercâmbio cultural entre Moçambique e a República Árabe do Egipto.

Outro evento muito esperado e que promete parar a cidade, é a apresentação, hoje e amanhã, da “Team de so­nho.”

O show, do qual participarão artistas moçambicanos, como: Lizha James, Dama Do Bling, Zav, Mr Bow, Valdemiro José, Twenty Fingers, Gabriela, Liloca, Marlene, Afro-Madjaha, Cláudio Ismael, Mc Roger, Hernâni, e New Joint, e o famoso grupo angolano Team de Sonhos, será no Campo de Maxaquene, na baixa da cidade Maputo.

teamEste espectáculo serve também para consolidar a intenção do produtor e empresário moçambicano Bang em criar  um projecto semelhante ao angolano “Team dos Sonhos”, que será denominado “Team Platina” no qual farão parte artistas do norte, centro e sul de Moçambique. Numa primeira fase os artistas farão uma digressão pelo País e, posteriormente, poderão actuar em países como: Angola, África do Sul, Portugal, e outros.

De salientar que os artistas do projecto Team Platina não levarão músicas conhecidas para os países que forem actuar. Eles terão novos reportórios e gravarão  CD e DVD.