Desporto José Mourinho: “Matic nunca teria sido vendido ao Benfica”

José Mourinho: “Matic nunca teria sido vendido ao Benfica”

Os elogios de José Mourinho a Nemanja Matic não são novidade, mas sempre que o treinador português do Chelsea fala é importante ler nas entrelinhas para perceber se há alguma mensagem escondida com destinatário específico.

Desta feita, Mourinho destacou a importância do sérvio na equipa, recorrendo à primeira passagem do jogador pelos blues. E foi muito directo.

“Se fosse eu o treinador – tratando-se de um esquerdino de 1,95 metros de altura – um médio com estas caraterísticas nunca, mas mesmo nunca, teria sido vendido (ao Benfica). O clube tinha cá o Matic, mas ele saiu e vieram dois jogadores. Com jogadores daquela idade é bom que o clube ‘mãe’ fique protegido, pois a sua evolução por vezes é boa. Por isso, é importante manter o controlo da situação quando se tem um jogador para emprestar, ou até  mesmo vender”, salientou Mourinho, citado pelo “Daily Express”.

Matic, recorde-se, foi incluído nas negociações com o Benfica da transferência de David Luiz para o clube de Stamford Bridge, a 31 de janeiro de 2011 – o sérvio acabaria por ingressar nos encarnados apenas em 2011/12. O treinador do Chelsea na altura era Carlo Ancelotti, que sucedeu a Mourinho no Real Madrid, quando o treinador português deixou os merengues antes do final do contrato para regressar aos blues, para 2013/14.

O médio sérvio foi um dos pedidos de Mourinho e o Chelsea consumou a contratação em janeiro de 2014, pagando 25 milhões de euros ao Benfica: “O clube foi corajoso ao trazê-lo de volta. Queríamos um médio e tínhamos três ou quatro opções em cima da mesa, mas o melhor era um jogador que, não digo que o Chelsea tenha perdido, mas tratou-se de alguém envolvido num negócio. Por isso digo que foi preciso coragem para assumir que, se ele era a opção certa, não importavam as críticas.”