Os preços de cereais e leguminosas, nomeadamente, milho, arroz, farinha de trigo, feijões e amendoim, continuam estáveis na maioria dos mercados retalhistas monitorados pelo Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA).

Segundo o SIMA, na semana em análise (de 05 a  12 de Janeiro), A estabilidade do preço do milho foi  acompanhada por quatro subidas reportadas nos mercados de Nhamatanda em 13 por cento, cidade de Tete em 29 por cento, vila de Ulónguè em 17 por cento e cidade de Lichinga em 7 por cento. Com estas subidas, o preço ao consumidor passou para 10,29 meticais o quilo em Nhamatanda e cidade de Tete, 8,00 meticais em Ulónguè e em Lichinga passou para 9,14 meticais a mesma quantidade.

O preço do arroz corrente está estável na maioria dos mercados monitorados pelo SIMA. Entretanto, o mercado da cidade de Xai-Xai foi o único que registou subida na ordem de 17 por cento, onde os consumidores passaram a pagar 29,33 meticais o quilo, contra os anteriores 25,00 meticais. A vila da Massinga registou queda em 7 por cento, passando o consumidor a pagar 25,00 meticais o quilo.

No que diz respeito à farinha de milho, na semana em análise registou-se apenas uma ligeira subida de 6 por cento na cidade de Xai-Xai, passando o consumidor a pagar 38,33 meticais o quilo, contra os anteriores 36,33 meticais.

Em relação as leguminosas , o feijão-nhemba foi acompanhado por duas quedas de 13 e 12 por cento nas cidades de Xai-Xai e Lichinga, respectivamente, e uma subida de 21 por cento registada na cidade de Inhambane, onde o preço ao consumidor passou para 21,67 meticais o quilo em Xai-Xai, 35,00 meticais em Lichinga e 36,23 meticais na cidade de Inhambane.

Já no feijão-manteiga a estabilidade do preço foi acompanhada por duas quedas verificadas nos mercados da cidade de Quelimane (22 por cento) e cidade de Pemba (20 por cento). Na cidade de Quelimane o preço ao retalho passou para 35,00 meticais o quilo e na cidade de Pemba passou para 40,00 meticais.

De referir que na mesma semana em análise  deu entrada no mercado de Xiquelene, arredores da cidade de  Maputo, milho proveniente da Vila de Nhamatanda, onde o comerciante pagou 35,00 Mts uma lata de 5 litros.

No Mercado da Cidade de Xai-Xai tem disponível para a venda, milho comprado no distrito de Sussundenga, onde o comerciante pagou 120,00 Mts uma lata de 20 litros.

No Mercado da cidade de Chókwè  está a comercializar-se milho vindo dos Distritos de Massingir e Guijá, Onde custou 250,00 Mts uma lata de 20 litros. O Mercado de Chibuto foi abastecido com 40 Toneladas de milho provenientes do Distrito de Angónia, onde os comerciantes pagaram 200,00 Mts por uma de lata 20 litros.

A cidade da Beira está a consumir milho do distrito de Angónia, onde os comerciantes pagaram 100,00 meticais a lata de 20 litros. O Mercado da Vila de Gorongosa deu entrada de milho do posto administrativo de Canda, onde o preço de compra variou de 30,00 a 40,00 meticais a lata de 5 litros. A vila de Nhamatanda tem disponível milho adquirido nas localidades de Bebedo, Metuchira e Chirassicua, onde os produtores receberam 40,00 meticais pela lata de 5 litros.

O Mercado da Cidade de Chimoio está a comercializar milho de produção local comprado nas zonas de produção a 150,00 meticais a lata de 20 litros. Deu entrada no Mercado da Cidade de Tete milho do distrito de Macanga, onde os comerciantes pagaram 120,00 meticais a lata de 20 litros. A cidade de Quelimane registou a entrada de milho do distrito de Morrumbala, onde custou 140,00 meticais a lata de 20 litros.

No Mercado de Alto Molócuè deu entrada milho das localidades de Mugeva e Ecole adquirido a 8,00 meticais o quilo. O Mercado da Feira de Amizade, no distrito de Milange, tem disponível milho das localidades de Monguè e Bolonha, onde custou 340,00 meticais o saco de 50 quilos.

O Mercado da Cidade de Lichinga registou a entrada de milho do distrito de Sanga, onde custou 160,00 meticais a lata de 20 litros. O Mercado da Cidade de Pemba tem disponível para venda milho adquirido em Balama, onde foi adquirido a 5,00 meticais o quilo.

Fluxo do feijão e amendoim nos mercados

O mercado de Bazuca, Arredores da Cidade de Maputo recebeu feijão manteiga proveniente de Lichinga adquirido Ao Preço de 650,00 Mts uma lata de 20 litros.

O Distrito de Gurué abasteceu com feijão manteiga aos mercados das cidades de Xai-Xai, Inhambane, Tete e Quelimane, onde os comerciantes pagaram 25,00 Mts / kg.

Em relação ao fluxo do amendoim, a  Província de Nampula abasteceu com amendoim pequeno e grande ao mercado de Bazuca (Cidade de Maputo), as cidades de Inhambane e da Beira onde comerciantes pagaram preço que variou de 28,00 Mts / kg a 30,00 Mts / kg.

No mercado da cidade de Chimoio deu entrada de amendoim pequeno e grande provenientes do Distrito de Sussundenga, Onde o preço de compra foi de 500,00 Mts uma lata de 20 litros.