Três indivíduos pertencentes ao exército das Forças Armadas de Defesa de  Moçambique (FADM) foram detidos na tarde de domingo (14) pela Polícia da República de Moçambique (PRM), na tentativa de comercializar, uma arma de fogo do tipo AK47, em Catembe.

Os três militares, assim como o suposto comprador da arma, já têm a prisão legalizada e neste momento encontram-se na Penitenciária de Segurança Máxima (BO), na Machava.

O porta-voz da PRM na cidade de Maputo, Orlando Mudumane, disse que a detenção destes indivíduos aconteceu graças a informações de populares. “A polícia detinha algumas informações e os agentes de investigação criminal foram ao terreno, onde os indivíduos foram detidos em flagrante a comercializar tal arma”, disse Mudumane.

Esta informação foi avançada no resumo da situação operativa da PRM, referente ao período de 8 à 14 do corrente mês.

Os dados operativos destacam a detenção 63 indivíduos indiciados na prática de vários actos criminais, sendo 43 indiciados nos crimes contra propriedade, 17 nos crimes contra pessoas e três nos crimes contra a ordem e tranquilidade pública.

No que se refere aos acidentes de viação, neste período foram registados 11 acidentes contra 13 de igual período do ano passado. Dos 11 actuais, cinco foram do tipo atropelamento carro-peão, três do tipo choque entre carros e outros três do tipo despiste e capotamento.

Nesse período, a polícia de trânsito fiscalizou 4255 viaturas, das quais 31 foram apreendidas por diversas irregularidades e foram passados 1965 avisos de multa aos automobilistas infractores.

Ainda no mesmo período, 29 cartas de condução foram apreendidas porque os respectivos titulares foram surpreendidos a conduzir sobre efeito de álcool, num universo de 141 automobilistas submetidos teste.

No que se refere aos movimentos migratórios, 41 estrangeiros foram interditos de entrar no território nacional, por diversas irregularidades. Destes, 23 portavam passaportes com vistos falsos e 18 não tinham de visto de entrada à Moçambique.

Ainda no Aeroporto, foi apreendida uma mala contendo 1.6 Quilogramas de cocaína na posse de um Moçambicano de 24 anos, vindo do Brasil.

A Polícia avançou ainda que para esta quadra festiva irá decretar tolerância zero a qualquer tipo de crime.