No período compreendido entre 9 e 15 de Setembro, o milho registou uma subida de 20 por cento na cidade de Maxixe na província de Inhambane, seguida da vila de Milange, na Zambézia com 12 por cento e Beira, na província de Sofala com 9 por cento.

Em consequência destas subidas, em Maxixe o quilograma deste cereal passou a custar 9,80 meticais, em Milange 9,00 meticais e na cidade da Beira 8,57 meticais o quilo.

Na semana em análise, de acordo com o Sistema de Informação de Mercados Agrícolas (SIMA), o feijão manteiga esteve mais caro na região norte, tendo registado uma subida de 14 por cento na cidade de Pemba e 11 por cento na cidade de Cuamba.

O preço variou de 40,00 meticais o quilograma em Pemba e 50 meticais o quilo em Cuamba.

Por outro lado, o feijão nhemba não teve grandes alterações na maioria dos mercados retalhistas monitorados pelo SIMA, com excepção da cidade da Beira que reportou uma queda de 12 por cento, sendo que os consumidores passaram a pagar 17,50 meticais o quilo.