Os aparelhos electrónicos sem carga e que não possam ser ligados não serão permitidos nos aviões com destino aos Estados Unidos, indicou este domingo a Agência Norte-Americana do Transporte Aéreo (TSA).

Em comunicado, a TSA informa que «os aparelhos descarregados não serão admitidos a bordo». A mesma entidade acrescenta que os passageiros que os detenham poderão também ser objecto de um controlo suplementar.

A TSA recordou que o secretário norte-americano da Segurança Interna, Jeh Johnson, anunciou na quarta-feira um reforço da segurança em certos aeroportos através de medidas que não foram, no entanto, especificadas na altura.

De acordo com uma fonte próxima do sector, citado pela NBC, as autoridades receiam que computadores portáteis, «tablets», telemóveis  e outros aparelhos electrónicos possam ser usados como bombas. 

O responsável pela Segurança Interna indicou que as novas medidas de segurança iriam ser levadas a cabo «nos próximos dias», sem precisar os aeroportos onde seriam aplicadas.

Uma fonte do departamento norte-americano de Segurança Interna tinha indicado à France Presse que os aeroportos em questão se situam no Médio Oriente e na Europa.