Dez pessoas morreram, sábado, em ataques atribuídos ao grupo islamita Boko Haram, em dois povoados do nordeste da Nigéria, perto de Chibok, segundo moradores e autoridades locais.

“Encontrámos dez corpos com ferimentos a tiro” a uma dúzia de quilómetros dos povoados atacados, declarou Enoch Mark, um sacerdote cristão. “Acreditamos que várias pessoas morreram nos ataques, segundo moradores que fugiram de Chibok, mas devemos aguardar que a situação se acalme,  antes de entrar nos povoados e recuperar os corpos”, acrescentou.

Foi em Chibok que mais de 200 estudantes foram sequestradas, há mais de dois meses, por membros do Boko Haram. Segundo testemunhas, estes ataques foram em resposta à morte de oito combatentes do Boko Haram.