Um jovem de 22 anos foi preso em Palm Bay, na Flórida (EUA), após ser filmado por uma câmara escondida enquanto cometia actos sexuais com o cão do seu colega de quarto.

Desconfiando do comportamento do animal em relação ao seu colega de quarto, o dono do pastor alemão instalou uma câmara de segurança no apartamento que dividia com Joshua Webick, e acabou por filmar o crime.

A polícia recebeu as imagens chocantes e prendeu Joshua, acusado de crueldade contra os animais. Ele também pode ser proibido de manter ou morar com um animal de estimação. O americano foi levado para a cadeia do condado de Brebard sujeito a pagamento de fiança.