Uma mulher entrou com uma acção contra o marido em Genova, na Itália, porque ele se recusou a ter relações sexuais com ela durante os três anos de casamento.

Ela reclamou que o marido não a tocou desde a noite de núpcias, acrescentando que, até então, a vida sexual do casal era perfeitamente normal.

A mulher de 40 anos citou a falta de sexo como uma das principais razões para o pedido de divórcio.

Apesar da falta de sexo, o casal conseguiu ter uma filha por inseminação artificial.

Um caso semelhante ocorreu na França, em 2011, quando um homem de 51 anos de idade foi multado em 10 mil euros por não ter relações sexuais com sua mulher.