Internacional Tribunal chileno suspendeu leilão polêmico de lítio

Tribunal chileno suspendeu leilão polêmico de lítio

O Tribunal de Apelações de Copiapó, centro-norte do Chile, suspendeu na sexta-feira (14) uma licitação estatal de lítio publicada na quarta-feira passada e que gerou polêmica por ser realizada a dois meses do fim do governo do conservador Sebastián Piñera.

As empresas BYD Chile SpA (com capital chinês) e Servicios y Operaciones Mineras del Norte (chilena) obtiveram os contratos de extração de duas cotas de 80.000 toneladas de lítio metálico por 20 anos.

Em comunicado, o Ministério de Mineração salientou que a licitação não foi objeto de “cancelamento definitivo” e que o processo foi “aberto, informado, transparente e cumpriu toda a legislação em vigor”. O governo também afirmou que responderá à decisão do tribunal nos prazos previstos em lei.

FONTECM
Artigo anteriorGoverno britânico pediu desculpas à rainha por festas em tempo de confinamento na residência oficial do primeiro-ministro
Próximo artigoVagas de emprego do dia 15 de Janeiro de 2022