Início Destaque Ex-conselheiro de Trump ficou sem passaporte após desrespeitar autoridades nos EUA

Ex-conselheiro de Trump ficou sem passaporte após desrespeitar autoridades nos EUA

Um juiz dos Estados Unidos determinou na segunda-feira a libertação de Steve Bannon, ex-conselheiro e aliado do ex-presidente Donald Trump, mas ordenou que lhe fosse retirado o passaporte para prevenir a fuga do país.

Bannon, de 67 anos, entregou-se na segunda-feira ao FBI depois de ter sido indiciado na sexta-feira por um crime de desacato, por se ter recusado a comparecer para um depoimento perante a comissão de investigação ao ataque ao Capitólio e um outro por se recusar a fornecer documentos na sequência da intimação.

Em 06 de janeiro, centenas de manifestantes apoiantes do ex-presidente republicano investiram sobre a polícia para invadir o Capitólio e interromper a confirmação da vitória eleitoral de Joe Biden, na sequência de reiteradas acusações de Trump sobre a existência de fraude eleitoral generalizada, sem fundamentação credível.

À saída do tribunal em Washington, o ex-assessor de Trump manifestou um tom desafiador, levantando o dedo em advertência e proclamando que “desta vez meteram-se com a pessoa errada”.

FONTECM
Artigo anteriorEUA e Reino Unido impuseram sanções à Nicarágua por minar democracia
Próximo artigoAumento de casos de covid-19 cancelaram celebrações do ano em Amesterdão