Início Internacional Africa Dois ativistas foram detidos na manifestação do dia da independência em Angola

Dois ativistas foram detidos na manifestação do dia da independência em Angola

A manifestação convocada pelo Movimento Independentista de Cabinda (MIC) para o dia da independência de Angola foi frustrada pelas autoridades. Houve repressão policial e pelo menos dois ativistas foram detidos.

O MIC convocou uma manifestação para quinta-feira (11.11), dia em que se assinala a independência de Angola, para despertar as pessoas no exterior e, sobretudo, a população no enclave para a detenção de membros do movimento, detidos na primeira quinzena de outubro por causa da campanha “porta a porta” de não adesão ao registo eleitoral oficioso. Desde então, não houve qualquer reação para a libertação dos mesmos.

A manifestação de quinta-feira estava prevista para acontecer no largo Primeiro de Maio, na cidade de Cabinda, mas os manifestantes nem sequer conseguiram deslocar-se até ao local e pelo menos duas pessoas foram detidas pela polícia em suas próprias residências, segundo avança a organização da marcha.

FONTEDW
Artigo anteriorLAM retomará voos para Harare
Próximo artigoConferência do clima prorrogado devido a falta de consenso sobre o texto final