Início Internacional Clã do ex-Presidente é investigada por desvio de dinheiro na RDC

Clã do ex-Presidente é investigada por desvio de dinheiro na RDC

Uma investigação judicial sobre o clã do ex-Presidente da República Democrática do Congo (RDC) Joseph Kabila foi aberta em Kinshasa na sequência de revelações relativas a alegados desvios de 138 milhões de dólares.

A investigação intitulada “Congo Hold-up”, conduzida pelos meios de comunicação internacionais e organizações não-governamentais (ONG), que começou a ser publicada na passada sexta-feira (19.11), acusa Kabila e a sua família de terem “desviado”, pelo menos, 138 milhões de dólares (123,2 milhões de euros) dos cofres do Estado.

Os alegados desvios de fundos ocorreram entre 2013 e 2018, de acordo com os autores da investigação, que está a atingir repercussões fortes na RDC.

O porta-voz do Governo e ministro para a Comunicação, Patrick Muyaya, afirmou na segunda-feira (22.11) à comunicação social que a ministra de Estado e da Justiça, Rose Mutombo Kiese, “escreveu ao Ministério Público no dia 20 de novembro”, e deu indicações para que seja realizada uma “investigação” e formalizada a eventual “acusação” correspondente.

FONTEDW
Artigo anteriorComissão Eleitoral rejeitou candidatura presidencial de filho do ex-ditador Kadhafi
Próximo artigoInspenção do Trabalho reforma-se para responder aos desafios laborais