Início Internacional Africa Jovens denunciam maus-tratos a cidadãos e subida de propinas em Angola

Jovens denunciam maus-tratos a cidadãos e subida de propinas em Angola

Organizações juvenis e da sociedade civil denunciam uma crescente “onda de intolerância política” em Angola. Jovens alertam para agressões e detenções arbitrárias que visam figuras críticas à governação de João Lourenço.

Os líderes das organizações juvenis dos partidos da oposição e outras associações de jovens apartidários denunciaram a “brutalidade policial” exercida contra alguns jovens que protestaram contra o custo de vida nas províncias do Uíge e Zaire, no fim de semana.

Numa declaração conjunta apresentada à imprensa por Agostinho Kamuango, secretário-geral da Juventude Unida e Revolucionária de Angola (JURA), braço juvenil da UNITA, os jovens apelaram ao fim das intimidações aos críticos do Governo.

Jovens manifestantes indefesos foram agredidos até à beira da morte, numa altura em que o Presidente da República discursa na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Que imagem do país se quer passar afinal? Não vamos aceitar que estas práticas continuem a fazer caminho”, garantiu.

FONTEDW
Artigo anteriorStella Zeca advertiu a honestidade na distribuição dos subsídios da Covid-19
Próximo artigoAutorizada a presença de público nos recintos desportivos