Início Sociedade Tribunal Judicial decidiu inocentar edil de Quelimane

Tribunal Judicial decidiu inocentar edil de Quelimane

Manuel de Araújo está livre de qualquer condenação por calúnia e difamação, no âmbito do processo interposto por membros do MDM, decidiu esta segunda-feira (21) o Tribunal Judicial de Quelimane.

A sentença de Manuel de Araújo foi um mistério, consideram alguns populares que aguardavam o desfecho do caso há mais de duas semanas. A decisão, no entanto, foi apenas divulgada ontem (21).

Uma fonte da 3ª sessão do Tribunal Judicial da Cidade de Quelimane, onde as audiências e o julgamento ocorreram, disse que a sentença documentada foi disponibilizada na quarta-feira passada (16.06) e mais tarde foi enviada para o gabinete do advogado de defesa dos ofendidos.

Domingos de Albuquerque, um dos membros de Movimento Democrático de Moçambique (MDM) que interpôs a ação contra Araújo, não quis avançar comentários sobre a sentença alegadamente por esta constrangido pelo processo.

Por seu turno, José Maria Lobo, outro ofendido no caso, disse que não tem argumentos suficientes para explicar a tamanha frustração pela resolução deste processo.

FONTEDW
Artigo anterior11 jihadistas morreram em operação antiterrorista do exército no Burkina Faso
Próximo artigoCaçador furtivo moçambicano foi condenado a 23 anos de prisão na RSA