A Polícia da República de Moçambique (PRM) deteve, quarta-feira (18), na 14ª Esquadra da PRM – cidade de Maputo, um indivíduo indiciado de falsificação de documentos autênticos.

De acordo com um comunicado emitido pela Polícia, a detenção foi no âmbito do esclarecimento de uma denúncia anónima, que dava conta da existência de uma quadrilha que se dedicava à falsificação de resultados negativos de testes laboratoriais da Covid-19, para fins de viagens para o exterior e/ ou outros.

Na posse do indiciado foi apreendido um computador e uma impressora, usados para a falsificação, e vários outros documentos falsos. As autoridades farão uma apresentação formal amanhã com mais detalhes.