Setenta mil crianças entre os 3 e 59 meses de idade dos distritos de Mecubúri e Malema serão abrangidas pela campanha de quimio-profilaxia sazonal da malária, cujo lançamento foi feito na segunda-feira (17), na Vila de Malema, na província de Nampula pelo Ministro da Saúde, Armindo Tiago.

A campanha que vai decorrer nesta fase piloto nos distritos de Mecuburi e Malema ira consistir na administração em quatro ciclos mensais, de sulfadoxina-piremetatina e amodiaquina, em crianças dos 3 a 59 meses de idade.

Falando na ocasião, o ministro da saúde, Armindo Tiago, disse que, o pais registou nos primeiros dez meses deste ano 9 milhões  de casos de malária contra de 8 milhões de 2019, o que representa um aumento em 6 virgula quatro por cento.

Armindo Tiago explicou ainda que, no mesmo período foram registados setecentos óbitos contra 500 de 2019.

O titular da pasta da saúde referiu que esta campanha é uma intervenção segura de custo eficaz e praticável que pode prevenir setenta e cinco por cento de casos de malária em crianças menores de cinco anos.