Mais quatro pessoas morreram devido à COVID-19 nos dias 22 e 23 de Setembro, na cidade de Maputo, disse hoje o Ministério da Saúde. As vítimas tinham 20, 42, 63 e 73 anos de idade. Entre elas há uma mulher e três homens.

“Os casos [doença] foram notificados nos dias 09/09/20, 14/09/20, 15/09/20 e 18/09/20 e os óbitos foram declarados nos dias 22/09/20 e 23/09/20”, explicou o Ministério da Saúde, num comunicado de imprensa enviado ao “O País”.

Assim, o país regista 49 mortes, 32 das quais na cidade de Maputo.
De acordo com o Ministério da Saúde, houve mais 148 pessoas que testaram positivos para a COVID-19, o que eleva o cumulativo para 7.262 pessoas infectadas.

Dos 148 novos pacientes, a cidade de Maputo registou o maior número (79), seguida pela província de Tete, com 26.

Ainda segundo a Saúde, mais 286 pessoas estão totalmente recuperadas da COVID-19, elevando o total para 4. 350
A Saúde explicou ainda que destes cidadãos, 111 são da cidade de Maputo, 73 da Zambézia, 63 de Tete, 34 de Gaza e cinco de Inhambane.

O número de pacientes internados continua a subir e o cumulativo é de 193 indivíduos, dos quais 47 ainda sob cuidados médicos nos centros de isolamento. Destes, 45 são da capital do país, um na província da Zambézia e outro em Gaza, refere a nota do Ministério da Saúde.