Oito indivíduos, incluindo um menor de 11 anos, estão à contas com as autoridades da 12ª Esquadra da Polícia da República de Moçambique (PRM), do bairro de Maxaquene, na cidade de Maputo, indiciados de consumo e venda de estupefacientes.

Segundo o jornal Notícias, os supostos infractores foram recolhidos, numa zona de consumo de drogas, no bairro da Mafalala. Os indiciados negam o seu envolvimento com drogas, afirmando que estavam apenas de passagem no local.

De acordo com a fonte acima citada, o menor confirmou que desempenhava a função de entregador de substâncias psicotrópicas aos consumidores, a mando de sua tia.

O porta-voz da PRM, na capital do país, Leonel Muchina, disse que a detenção dos indivíduos ocorreu mercê do patrulhamento policial.

“No acto da detenção dos consumidores de droga, foram apreendidas quantidades significativas de mandrax, cocaína, cannabis cativa e algumas seringas utilizadas pelos visados”, referiu.