A preocupação foi apresentada pelo comandante Geral, Bernardino Rafael, durante as cerimónias de comemoração dos 45 anos da corporação.

A preocupação em relação à falta de denúncias por parte da população voltou a ser levantada pelo Comandante Geral da Polícia da República de Moçambique, na cidade de Pemba, capital de Cabo Delgado, depois de depor uma coroa de flores na praça dos heróis, por ocasião do aniversário da corporação.

Além de crimes e situações  de perturbação da ordem e segurança, Bernardino Rafael pediu a população para denunciar casos de desordem protagonizados por alguns polícias.

O Juiz Presidente do Tribunal Provincial e o Procurador Chefe de Cabo Delgado, participaram na cerimónia que este ano foi comemorada sob o lema “45 anos da PRM, trabalhando com as comunidades na preservação da Paz e na garantia da ordem, segurança e tranquilidade pública”.

As cerimónias centrais de comemoração dos 45 anos da Polícia da República de Moçambique, foram.