A Procuradoria Provincial de Maputo mandou arquivar o processo de investigação do caso da morte da antiga Vereadora do pelouro do Plano e Finanças no Município do Maputo, Célia Cumbe, noticiou a Rádio Moçambique.

Segundo a estação emissora, o Ministério Público, justificou a decisão pelo facto de não existirem elementos que possam conduzir aos suspeitos deste crime.

A finada foi encontrada morta na sua residência na cidade da Matola, no passado dia 5 de Março do ano em curso, em circunstâncias até aqui desconhecidas.

Jornal Notícias