André Júnior, Advogado há 14 anos e delegado da Ordem dos Advogados em Manica, André Júnior é o primeiro a manifestar interesse em candidatar-se ao cargo bastonário daquela organização. E uma das apostas do jovem advogado é a descentralização da ordem.

As eleições para os órgãos directivos da Ordem dos Advogados de Moçambique estão marcadas para o dia 29 de Setembro e o prazo para a submissão de candidaturas termina na segunda-feira.

Criado a 14 de Setembro de 1994, a Ordem dos Advogados de Moçambique já teve quatro bastonários, nomeadamente Carlos Cuaio, Gilberto Correia, Tomás Timbana e Flávio Menete (em funções).

Lusa