A Rússia perdoou 95% da dívida de Moçambique, segundo anúncio feito pelo Presidente da República, Filipe Nyusi no encontro que manteve ontem com empresários russos e moçambicanos.

O segundo dia da visita do Presidente da Republica à Rússia iniciou com a visita à Praça Vermelha onde depositou uma coroa de flores no túmulo do soldado desconhecido. A seguir visitou o Mausoléu de Vladimir Lenine, momento que não esteve aberto à imprensa, mas também de outros heróis russos.

Já no fim da manhã foi dirigir a abertura do fórum de negócios Moçambique Rússia que envolve 46 empresários moçambicanos e pouco de 450 russos. Na ocasião anunciou que a Rússia perdoou a dívida moçambicana.

Na ocasião manifestou a confiança de que as sanções económicas impostas à Rússia poderão ter solução e não prejudicar as relações comerciais com Moçambique.

No ano passado a Rússia exportou pouco mais de 115 milhões de dólares para Moçambique, mas a CTA diz que as trocas comerciais entre os dois países tem potencial para muito mais.

Esta quinta-feira o Chefe de Estado vai se reunir com o seu homólogo russo Vladimir Putin no Kremlin.

Folha de Maputo