Um homem morreu depois de ter sido queimado com recurso a petróleo. O crime foi protagonizado pela própria esposa que depois pôs-se em fuga.

As roupas denunciam o ataque brutal contra Sérgio Mawaie, Pedreiro de 35 anos, queimado pela própria esposa, Gilda de 31 anos, com recurso a petróleo que estava nesta garrafa que ainda contém o combustível. Consta que o casal vivia em brigas e desta vez começou na barraca e veio a agudizar-se em casa. Depois, o homem tentou descansar mas acordou em chamas.

Não se conhece o motivo das brigas mas o que se sabe é que Gilda era consumidora de bebidas secas, como mostram as imagens de algumas caixas ainda a espera do consumo.

Senhor Matias vive na Província de Gaza e conta que nunca chegou a conhecer a nora. Sabe que não terá o filho de volta mas pede justiça.

Gilda e Sérgio tinham 2 filhos de anteriores relacionamentos. Os vizinhos falam de uma mulher de difícil trato mesmo por conta do vício.

Um facto confirmado também pela família.

A família conta que comunicou a Polícia em Beleluane mas que ainda não se fez presente na casa. E a mulher em parte incerta. O Porta-voz da Polícia na província promete se pronunciar brevemente.

Miramar