Autarquia da Matola conta um regulamento para o transporte de água potável em viaturas cisternas. A medida visa garantir um padrão de segurança e higiene.

O município da Matola diz que constatou que há camiões que fazem limpeza de lamas fecais e mais tarde são usados para o transporte de água potável. Por isso, a Assembleia Autárquica da Matola aprovou um instrumento que vem clarificar e orientar a actividade de transporte de água para o consumo humano em camiões cisternas.

Neste momento, Matola conta com 120 camiões que se dedicam ao transporte de água. O PCA da Empresa Municipal de Água e Saneamento fala dos requisitos para o exercício daquela actividade.

Depois da aprovação, o regulamento segue para o Ministério da Administração Estatal e Função Pública para efeitos de homologação.

O País