A Polícia da República de Moçambique (PRM) em Gaza deteve três indivíduos indiciados de assalto à mão armada de 483.800 meticais, na manhã de ontem, na vila da Macia, distrito de Bilene.

A acção foi perpetrada com recurso a uma arma de fogo tipo pistola. De acordo com as autoridades policiais daquele ponto do país,o assalto ocorreu quando um indivíduo de 24 anos de idade pretendia depositar o valor em causa numa agência bancária local.

“A Polícia em Gaza tomou conhecimento de assalto protagonizado a poucos metros de uma agência do BCI, no distrito de Bilene. Os bandidos puseram-se em fuga logo que concretizaram os seus intentos”, disse Edgar Juvane, porta-voz da PRM, naquele ponto do país.

“Bloqueamos os pontos de entrada e saída do distrito. Os indivíduos, sentindo-se encurralados, optaram em abandonar as viaturas, mas três indiciados foram capturados e recuperámos 174.200 meticais, uma arma de fogo do tipo pistola com 12 munições e duas viaturas usadas para o assalto”, explicou Edgar Juvane.

Juvane reiterou o apelo para se redobrar a segurança em caso de necessidade de transportar dinheiro. Aliás, ele disse que o recomendável é contactar as autoridades policiais para auxiliarem no processo.

Entretanto, os supostos malfeitores, detidos no Comando Distrital da PRM de Bilene-Macia, divergem quanto ao seu envolvimento no crime.

Um deles contou que foi interpelado pela PRM em Magul, na sua viatura e ia buscar o seu cunhando algures. “Disseram (os agentes da Polícia) que sou um suspeito de roubo. Dali levaram-me à esquadra, onde encontrei a eles (os presumíveis comparsas)”.

Outro indiciado disse que a Polícia o deteve quando acabava de desembarcar de um transporte de passageiros. Na altura da detenção ele e os amigos traziam cinco mil meticais e nega ser assaltante à mão armada.

Das mãos dos detidos, a PRM recuperou cento e setenta e quatro mil e duzentos meticais e apreendeu duas viaturas, uma de arma de fogo do tipo pistola contendo 12 munições, assim como um goro preto e duas luvas.

O País