Foram detidos, na terça-feira, dois jovens integrantes de uma quadrilha composta por seis malfeitores na Beira, província de Sofala.

Os jovens com menos de 25 anos de idade são acusados de terem violado quatro mulheres nos últimos três meses, em circunstâncias diferentes. Os indiciados assumiram a culpa.

Os detidos e os seus comparsas, ora em fuga, para lograr os seus intentos, faziam-se passar por  moto-táxis ou cercavam as suas vítimas com recursos a motorizadas. As mulheres eram ameaçadas com facas e colocadas a força nas motorizadas e depois transportadas até o local predefinido para a violação.

Os estupros ocorriam sem nenhuma protecção e por vezes sob olhar dos seus namorados que eram mantidos amarados e ameaçados.

O País