O governador de Nampula, Victor Borges, que havia se mudado para uma das estâncias hoteleiras de luxo, durante cerca de um mês, devido a uma praga de ratos voltou sábado passado a residência protocolar.

“Eu não fugi dos ratos permite apenas que os focos onde tinham os ratos pudessem ser controlados, de maneiras que a invasão que havia pudesse ser minimizada. Eu vive com ratos com era criança, estou habituado a isso”, falou Borges.

Contudo o dirigente máximo da província pede desculpas e afirma que vai assumir o pagamento de cerca de um milhão de meticais referente a sua estadia no hotel.

“O valor que o hotel indicou são um milhão e trezentos mil meticais, é possível pedir um empréstimo bancário e fazer o pagamento. Eu vou suportar essas despesas pelo tempo que estive lá”, afirmou.

O gabinete do governador havia enviado uma carta a referida estância solicitando alojamento e alimentação sendo que os encargos seriam suportados  pelo governo.

O País