Está detido em Maputo um indivíduo latino-americano indiciado de integrar uma quadrilha que se dedicava a roubo de bagagens em hotéis e no Aeroporto Internacional de Maputo.

O individuo é originário de Perú, veio a Moçambique para trabalhar. Com o fim do trabalho entrou para o mundo do crime, junto com mais dois cidadãos da mesma origem.

Por três vezes já terá sido detido. Aliás no dia 15 do mês em curso ele foi restituído a liberdade depois de ter estado num dos estabelecimentos penitenciários da capital do país. E em quatro dias retorna as celas.

A polícia procura por outros dois elementos também de origem peruana que estão foragidos.

O País