É o quinto e último Conselho Coordenador dirigido por Beatriz Buchili enquanto Procuradora-Geral da República. O evento de três dias, que junta procuradores gerais adjuntos e provinciais, bem como dirigentes do Gabinete Central de Combate a Corrupção, tem por objectivo debater questões fundamentais da organização interna e desafios da actuação do Ministério Público.

No discurso de abertura e sem tocar nos casos quentes sobre corrupção Buchili voltou a chamar atenção aos magistrados a serem mais rigorosos no combate a este crime.

E os outros prevaricadores que a Procuradoria quer combater são os que põem em risco a saúde pública através de actividades como a venda de comida na rua e nas bermas das estradas.

Controlo dos prazos de prisão preventiva, causas do aumento dos pedidos de Habeas Corpus, fiscalização dos estabelecimentos penitenciários são alguns assuntos que serão debatidos durante o evento.

Ainda esta terça-feira, Beatriz Buchili empossou dois novos titulares de cargos de direcção no Ministério Público, designadamente Tácia Simões, nova Procuradora-chefe da Cidade de Maputo e Sinai Lonzo que passa a assumir as funções de Director Provincial do Gabinete Central de Combate a Corrupção em Inhambane.

O País