A Renamo diz que é chegada a vez de governar o país. Para tal, a perdiz insta os seus membros a aderirem aos postos de Recenseamento com vista à obtenção do cartão de eleitor que lhes permite votar.

Alfredo Magumisse, membro da Comissão Política da Renamo está desde esta segunda-feira a encabeçar a brigada do partido na visita a província de Manica. O foco é o recenseamento eleitoral.

“É só com o cartão que podemos votar e votar significa estar a contribuir para de uma vez por todas, expulsar e tirar do poder aqueles que têm vindo a dilapidar a economia do país”, disse Magumisse.

Magumisse não apontou o nome, mas diz que há quem está a aproveitar-se do sofrimento do povo, provocado pelo ciclone Idai, para fazer campanha eleitoral.

“O facto de ser membro do governo e ter acesso aos meios e levar comida e roupa para os necessitados, não lhe dá o privilégio para em  nome dos que sofre fazer campanha”, acrescentou.

A Renamo diz que, têm estado a deslocar-se às zonas afectadas pelo ciclone Idai, onde além de confortar as famílias afectadas, procedem à entrega de donativos, fruto de contribuição dos seus membros.

O País